Do deserto até o Jordão

Uma peregrinação pelo deserto até o rio Jordão para celebrar a festa do Batismo de Jesus, domingo, 8 de janeiro, 2017.

As imagens são sugestivas: uma multidão que, junto com o Custódio da Terra Santa Francesco Patton, se encontra com a comunidade dos cristãos locais para prosseguir a procissão a pé. O percurso que leva ao lugar do batismo é uma estrada cuidadosamente cercada, pois é rodeada por campos minados.

Depois da oração rezada às margens do Jordão e da bênção da água, foi celebrada a missa presidida por padre Francesco Patton, na qual o Evangelho segundo Mateus narra o episódio em que Jesus pede a João Batista para batizá-Lo. “Assim que foi batizado, abriram-se os céus e  ouviu-se uma voz dizendo: “Esse é meu Filho amado: escutai-o!”.

Basílica da Natividade, berço do Cristianismo

Um dos santuários mais visitados da Terra Santa, a Basílica da Natividade guarda um tesouro de fé e historia. A tradição de que ali ficava estabulo onde Maria deu à luz ao Menino Jesus vem dos cristãos dos primeiros séculos.


Uma das Igrejas mais antigas da Terra Santa… e até mesmo do mundo. Um verdadeiro tesouro para a humanidade. Diante das várias destruições dos lugares santos, a Basílica da Natividade foi a única salva.

Papa recebe camiseta da Chapecoense

Das mãos de Silvonei Protz diretor do programa brasileiro da Radio Vaticano, após a bênção de Natal no dia 25, o Papa recebeu da redação brasileira uma camiseta da Chapecoense em agradecimento às palavras de apoio do Papa após a tragédia.
A camiseta traz estampado o nome do Papa Francisco e o número 71, em recordação ao número de vítimas da tragédia do vôo.
Ao receber o presente, o Papa recordou que “foi um evento muito triste e agradeceu a todos os chapecoenses, a quem enviou uma bênção especial”.

A noite de Natal em Belém

A celebração da Santa Missa, presidida por Dom Pierbattista Pizzaballa e a liturgia do Natal no lugar do nascimento de Jesus.

No campo onde os anjos apareceram para dar a boa notícia do nascimento de Jesus aos pastores … na praça da cidade de Belém, na Gruta da Natividade, pessoas de todo o mundo, de diferentes línguas e culturas se unem a voz dos anjos para cantar o “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade”, porque nasceu para nós o nosso Salvador.

É esta a atmosfera que circunda os peregrinos e cristãos locais na noite santa em Belém