Peregrinando à Terra Santa com Scott Hahn

Em peregrinação da América à Terra Santa com o teólogo e escritor Scott Hahn, para descobrir os lugares sagrados e viver em primeira pessoa os eventos narrados na Bíblia.

Um voo de milhares de quilômetros, poucos objetos na mala: o passaporte, um terço, uma capa de chuva e começa a viagem rumo à Terra Santa.
De 4 a 13 de janeiro um grupo de mais de 200 peregrinos, provenientes na maioria dos Estados Unidos, mas também do Canadá, da Austrália, da África e da Bósnia, repercorreu as estradas do Evangelho sob a guia do famoso teólogo e escritor católico Scott Hahn.

Nascido em 1957, natural da Pensilvânia, Hahn guia peregrinações há quase 25 anos, pouco tempo depois de 1986, ano em que se converteu ao Catolicismo do Protestantismo.

SCOTT HAHN
Biblista e Teólogo
« Antes de mais nada, o valor de vir como peregrino à Terra Santa é que ela faz com que o Evangelho tome vida. Voltando a São Jerônimo, que morou em Belém, ele descreveu estes lugares como o quinto Evangelho e faz compreender que as histórias dos quatro evangelhos se desenvolveram aqui.
Em segundo lugar, esta é a terra do antigo e novo testamento.
Aqui se descobre como o novo foi escondido no antigo e depois o antigo foi revelado e cumprido no novo.
Assim dá para você aprender tudo sobre as tribos de Israel, você descobre que Jesus vem da Judeia, você viaja da Galileia em direção sul até Belém e Jerusalém e de repente a Bíblia inteira não somente toma vida, mas se unifica.
E não apenas na mente, mas no coração, e portanto você entende mais e reza melhor ainda”.

Durante os nove dias na Terra Santa o grupo de peregrinos visitou os principais lugares sagrados, encerrando a visita em Jerusalém. Aqui, sob a guia dos doze sacerdotes à sua disposição, antes do sol raiar percorreram a via Dolorosa até o Santo Sepulcro, enquanto no dia seguinte encontraram junto à Custódia da Terra Santa o custódio Pizzaballa.

LINDA MAGGIONCALDA
Virgínia, Estados Unidos
“Sempre desejei vir e quando vi que existia esta oportunidade de viagem, apenas comecei a rezar e fiz o passaporte para poder vir aqui.
Acho que é maravilhoso. Acho importante para todos os cristãos visitarem a Terra Santa e esta viagem fez com que tudo em que acreditei na minha vida inteira se tornasse vivo”.

“Dei realmente sorte em poder voltar aonde Jesus morreu por nós. Não recebi toda a graça quando vim aqui da primeira vez. Eu precisava descobrir alguma coisa a mais da minha fé, portanto voltei uma segunda vez”.

ESPERANZA LESCEVSKAJA
Flórida, Estados Unidos
“Acho que não tem experiência melhor do que vir aqui, simplesmente por nos sentirmos tão próximos de Deus. Não precisaríamos estar aqui, pois temos a eucaristia e o Senhor pode estar conosco de qualquer forma. Mas foi uma experiência tão bonita!”

SCOTT HAHN
Biblista e Teólogo
“Recentemente muitas pessoas disseram: “Não tem certeza disso”, mas tem! Nunca teve certeza de modo completo, isto é, fácil. Toda a história da Terra Santa é uma história de conflitos. Mas também da proteção divina, da graça divina e também uma descoberta.
Este é o motivo pelo qual, aonde quer que eu vá, com qualquer pessoa eu converse, sempre encorajo todos a prestarem séria atenção ao Espírito Santo.
Abram-se a dizer “sim” a uma peregrinação, vai mudar sua vida e aquela das pessoas que vocês amam, e aprofunda realmente a fé de vocês de um modo difícil de se expressar com palavras”.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Visite a nossa loja, veja as promoções, assine,contribua e concorra a uma viagem à Terra Santa,participe! Dispensar