Peregrinação no Rio Jordão para celebração do Batismo do Senhor

Peregrinos foram às margens do Rio Jordão para a procissão e Missa da Festa do Batismo do Senhor, no dia 7 de janeiro de 2018. Em seguida, dirigiram-se ao Monte da Tentação, onde após seu batismo, Jesus foi tentado.

Uma paisagem desértica que nos remete às narrativas do Evangelho. Ali João Batista caminhava, preparava o caminho do Senhor, até o dia do batismo de Jesus, episódio que marca o início de sua vida pública. Todos os anos, os franciscanos da Terra Santa promovem a ida de peregrinos até às margens do Rio Jordão para a procissão, Santa Missa e, claro, tocar as águas e fazer suas orações no local que Jesus foi batizado, como narra o Evangelho. A região de campo minado e sob domínio de Israel era fechada ao público. A partir de 2012 então, a Festa do Batismo do Senhor acontece ali de acordo com o calendário litúrgico, no domingo após a Epifania.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
“É uma festa muito bela e poder celebrá-la às margens do Rio Jordão é algo excepcional porque no resto do mundo as pessoas não têm essa mesma graça de poder celebrar no lugar do batismo. Celebrar esta festa é muito bonito e assinala essa passagem da contemplação do Menino Jesus à contemplação de Jesus adulto, no qual da mesma forma se manifesta o Filho de Deus e o convite a seguí-Lo”.

Na liturgia dessa festa, os fiéis também renovam as promessas do seu batismo e, em especial, nesta celebração na Terra Santa, ocorre tradicionalmente o batizado de crianças. Neste ano, o pequeno Samuel recebeu o sacramento num dia especial, às margens do rio que traz em si um ensinamento de mudança de vida.

NISREEN GWAZZAI
Cristã de Jerusalém
“Eu tenho batizado meus filhos aqui e Cristo foi batizado neste lugar. Meus dois filhos receberam aqui o sacramento do batismo e este é o meu terceiro filho a quem batizei neste lugar. Isso simboliza a fé de cada pessoa e estamos muito felizes.”

Após seu Batismo, como aponta o Evangelho, Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto onde foi tentado. Seguindo os mesmos passos de Cristo, os fiéis foram do Rio Jordão até Jericó, mais precisamente ao Monte da Tentação ou Monte da Quarentena, como também é conhecido.

A peregrinação finalizou no mosteiro ortodoxo, local da tentação de Cristo. Na construção que se confunde com as pedras da montanha, a leitura do texto bíblico do diálogo entre Jesus e satanás também se mistura ao nosso cotidiano e nos interpela a vivermos firmes na vontade de Deus.

Produzido por CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Warning: Unknown: open(/var/lib/php-cgi/session/sess_a2nljl5bg5ul2lf4dso53b8dk6, O_RDWR) failed: No such file or directory (2) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/var/lib/php-cgi/session) in Unknown on line 0