Na solenidade de Pentecostes, a oração pela paz em Jerusalém

Peregrinos e cristãos locais celebraram a descida do Espírito Santo em diversos pontos da cidade santa. Para dar início a vigília, uma oração pela paz e pela justiça, proclamada por Mons. Pizzaballa.

Milhares de peregrinos uniram-se aos cristãos locais neste fim de semana nos diversos eventos da solenidade de Pentecostes em Jerusalém.

O primeiro encontro aconteceu no sábado, dia 19, na igreja de St Etienne, com uma vigília de oração pela justiça e pela paz. “Estamos aqui reunidos para orar pela paz de Jerusalém, que é a paz oferecida no Cenáculo em Pentecostes”.
O convite feito por Mons. Pierbattista Pizzaballa ecoou na Terra Santa, sendo repetido por várias autoridades da Igreja de Jerusalém.

O evento também repercutiu em várias partes do mundo, coenvolvendo um grande número de participantes.

S.E. Mons. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém

“A paz do Cenáculo é aquela que Jesus anuncia aos discípulos quando entra após a ressurreição. Eles estavam com medo, trancados, receosos em si mesmos, frustrados, desapontados, Ele entra e dá a paz. E então, Ele também diz “Saiam do cenáculo e levem esta paz ao mundo”. Aquela é a paz “.

S.E. Mons. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém

“Nós não podemos mudar as decisões dos políticos, talvez, mas podemos orar. Eu estou muito feliz, não esperava uma resposta, assim, tão intensa da parte de todo o mundo: a Conferência Episcopal Europeia, tantas ordens, institutos religiosos em todo o mundo se reuniram neste dia de oração e jejum. Isso me faz perceber que o desejo de paz não é um slogan, é uma realidade nos corações de milhões de pessoas no mundo.

P. JEAN JACQUES PÉRENNÈS, op
Diretor da “Escola bíblica de Jerusalém”
“É difícil para o país e precisamos, realmente, das forças da oração. Para nós foi uma alegria ter todos esses cristãos conosco e ver [em ação] o poder da oração quando estamos juntos. É um sinal muito forte para o país e para o mundo “.

Na gruta de Eremitério, sobre Monte das Oliveiras e com uma visão fascinante de Jerusalém, ocorreu a celebração da Vigília para evocar o Espírito Santo, na Missa presidida por Frei Francesco Patton, Custódio da Terra Santa.

“Um dos frutos do espírito, diz São Paulo, é precisamente o da paz”, recordou a liderança dos franciscanos.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
“Se nós pensarmos no que é o oposto do Pentecostes, Babel, que é a confusão das línguas, das pessoas incapazes de se encontrar e de dialogar, o Pentecostes torna-se o momento em que diferentes culturas, diferentes línguas são capazes de dialogar, se reconciliam”.

No domingo de Pentecostes, os sinos tocaram novamente. A primeira celebração do dia aconteceu na Igreja Beneditina da Dormição de Maria, a poucos metros do Cenáculo.

A Missa Crismal foi presidida por Monsenhor Pizzaballa.

A uma distância de dois quilômetros, na Cidade antiga, fica a paróquia de São Salvador, onde a missa pontifícia foi celebrada.

A conclusão das várias celebrações para a solenidade de Pentecostes aconteceu à tarde, com a oração solene das Vésperas no Cenáculo, às 16 horas, quando os frades vindos em peregrinação da Igreja de São Salvador chegaram. Para recebê-los na entrada, muitos peregrinos: uma expressão da diversidade de povos de todo o mundo, mas que se encontram na mesma oração.

Os fiéis lotaram os pequenos espaços da Sala do Cenáculo.

O dom do Espírito na Páscoa está ligado ao mistério da reconciliação, do perdão e da paz.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
“Naturalmente tudo isso acontece se acolhemos com coração aberto o dom do Espírito, porque o Espírito não age de maneira mágica, age através das pessoas. É precisamente por isso que a primeira maneira de receber o dom do Espírito é colocar-se em um estado, em uma atitude de profunda conversão “.

Para o guardião do Monte Sião, título do Custódio da Terra Santa, “rezar um dia é apenas uma amostra de oração pela paz”.

S.E. Mons. PIERBATTISTA PIZZABALLA, ofm
Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém
“Continuaremos a rezar por Jerusalém pela paz de Jerusalém”.

Produzido por CMC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visite a nossa loja, veja as promoções, assine,contribua e concorra a uma viagem à Terra Santa,participe! Dispensar