Elementos da Terra Santa nos ajudam entender linguagem de Jesus

Muitas vezes, para transmitir mensagens ou instruções, Cristo falou em parábolas e usou da analogia e comparação. Para entender melhor os ensinamentos de Jesus viemos a Taybe, à antiga Efraim citada na Bíblia, conhecer este lugar que é a Casa das Parábolas onde tocaremos nos objetos e nos elementos citados por Ele. O local fica no pátio da Paróquia Latina e se tornou referência por ter mantido as características de uma casa do tempo de Jesus. Já à porta da Casa, esta fenda nos permite visualizar a passagem de Cântico dos Cânticos que diz: “Meu bem-amado passou a mão pela abertura (da porta) e o meu coração estremeceu.” Foi através de uma passagem como esta que o amigo importuno recebeu os três pães que pediu ao seu vizinho. Aqui entendemos que aquele momento deve mesmo ter sido difícil já que as camas ficavam dispostas no meio da casa durante a noite.

Irmã MARIE MARTINE Congregação Santa Cruz de Jerusalém “O pai que está do lado de dentro diz que é impossível pois vai acordar a casa inteira. No final de tanto ouvir o vizinho bater a porta, passa para ele alguma coisa pelo buraco!”. Vemos a lâmpada que não podia ficar escondida para iluminar a casa toda.

Irmã MARIE MARTINE Congregação Santa Cruz de Jerusalém “Jesus diz: Vós sois a luz do mundo e é vendo o que vocês fazem de bom que as pessoas poderão acreditar! E ele acrescenta: Eu sou a Luz do mundo! Aquele que me segue não viverá nas trevas, mas terá a vida!” E dá pra imaginar como foi difícil para a mulher ter perdido uma moeda em uma casa como esta?

Irmã MARIE MARTINE Congregação Santa Cruz de Jerusalém “O que ela faz? O Evangelho nos diz! Ela varre a casa e a encontra e quando ela encontra fala às suas amigas, alegrai-vos comigo porque encontrei a moeda que havia perdido”. Por aqui, ainda, os tecidos que nos ajudam a lembrar da Palavra que diz que não dá pra colocar remendo novo em roupa velha e o sacos de couro que nos ajudam a assimilar o que Jesus disse quando afirmou: “Não se coloca tampouco vinho novo em odres velhos; do contrário, os odres se rompem, o vinho se derrama e os odres se perdem”. E claro, o arado…

Irmã MARIE MARTINE Congregação Santa Cruz de Jerusalém “Jesus disse que aquele que coloca a mão no arado e olha para trás não é digno de ser meu discípulo. Porque é preciso olha sempre a frente, porque Jesus está a nossa frente”. Saindo de Thaybe, para assimilar ainda mais a Palavra de Deus e a linguagem usada por Jesus fomos a um vilarejo chamado Sur Bahec, localizado entre Belém e Jerusalém. Contemplar rebanhos de ovelhas com seus pastores é comum nesta região deste a antiguidade… tanto que, no Salmo, Davi afirmou: “O Senhor é meu pastor, nada me faltará”… Depois, o próprio Cristo disse: “Eu sou o bom pastor, o bom pastor dá a vida pelas ovelhas”. Nas parábolas, Cristo também usou desta profissão e desses animais para ensinar. Este pastor atesta que as ovelhas, de fato, reconhecem a sua voz…

MAHMOUD AWAD ABU KAF Pastor de ovelhas “Elas reconhecem a voz do pastor especialmente depois de ter vivido com ele por um bom tempo. Tenho elas perto de mim. Gasto com eles todos os dias da minha vida”. Aqui é mais fácil entender que, diante de Deus, somos como estas ovelhas: frágeis e necessitados de cuidado!

Produzido por CMC

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Visite a nossa loja, veja as promoções, assine,contribua e concorra a uma viagem à Terra Santa,participe! Dispensar