Peregrinos participam da Festa da Visitação de Maria em Aim Karem

A cerca de dez quilômetros da Cidade Velha de Jerusalém, encontra-se Aim Karem…. Foi nessa região montanhosa, que Nossa Senhora visitou sua prima Santa Isabel e exultou de alegria! Refazer este percurso, justamente no dia em que a Igreja celebra este fato, é emocionante!

Renza Bandiera
Comunidade São João XXIII
“Antes de mais nada é importante pra mim estar aqui pois sou uma mulher de fé. Maria é uma mulher de fé e o encontro com esta sua parente, com a prima Isabel representa para mim o encontro entre duas mulheres de esperança que trazem consigo tesouros! Maria, o Salvador do mundo e Isabel, o precursor de Jesus! Creio que hoje seja muito importante para nós mulheres vivermos nossa fé com alegria, força e testemunhar isso em cada momento de nossa vida!”.

Astrid Favier
Estudante
“Este é um lugar muito marcante, a gente sente que é um lugar santo, calmo, que transmite paz… um local importante para os cristãos onde o antigo testamento se encontrou com Jesus Cristo (…) Gosto muito daqui, especialmente, por ser o local onde a Virgem Maria disse o Magnificat!”.

Na Igreja da Visitação, Frei Francesco Patton, custódio da Terra Santa, presidiu a Missa e, à luz da Liturgia, destacou três palavras em sua reflexão: alegria, amor e fé.

Fr. FRANCESCO PATTON, ofm
Custódio da Terra Santa
“Aqui em Aim Karem Maria se alegrou quando cantou o Magnifica e reconheceu a grande obra de Deus na história da humanidade e na sua história pessoal. Esse é um grande ensinamento para nós que tantas vezes somos pessimistas e vemos somente o negativo. Maria vivia em um tempo muito mais difícil que o nosso e conseguia ver a obra da ação de Deus, sentia sua proximidade pois o traz dentro de si e, portanto, se alegrou! Depois, a caridade, o amor gratuito, o amor pessoal, oblativo, que se doa, que é concreto. Por último a fé, fundamental na experiência de Maria e na experiência de cada um de nós!”

Após a Missa, em procissão, todos os presentes se dirigiram a gruta onde, de acordo com a Tradição, Isabel e Maria se encontraram!

No Santo Local, todos tiveram a oportunidade de rezar como ela: “Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações”.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Visite a nossa loja, veja as promoções, assine,contribua e concorra a uma viagem à Terra Santa,participe! Dispensar