Primado do amor

“Simão, filho de João, me amas tu mais do que estes?” Essa é a pergunta que Jesus dirigiu a Pedro em Tabgha nas margens do Lago da Galileia.

Aqui, no lugar que recorda a aparição de Cristo Ressuscitado e a atribuição do primado de Pedro, Fr. Francesco Patton, Custódio da Terra Santa, presidiu a Eucaristia.

Ao término da celebração os frades foram até a capela do Primado.

Fr. Francesco Patton na sua homilia definiu o primado de Pedro o “primado do amor” e destacou: “Pedro é interrogado sobre o amor, por três vezes Jesus lhe pergunta se é capaz de amor pleno e gratuito e ele apenas consegue dizer: “Tu sabes que te amo”.
“O primado do amor não é, de fato, o primado do amor presunçoso, mas sim do amor humilde que passou pela experiência da sua própria fragilidade. De fato – prosseguiu o Custódio – o amor do qual somos capazes nós seres humanos é um amor que precisa amadurecer”.

Este ano a celebração do Primado de Pedro coincidiu com a festa de São Paulo VI, dia em que ocorreu, em 1920, sua ordenação sacerdotal.
Foi o primeiro Papa que veio em peregrinação à Terra Santa e visitou a igreja do primado. Era o ano de 1964 e o Sucessor de Pedro pôde tocar as águas do Lago, que – como neste ano – tinham um nível excepcional.

Produzido por CMC

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial

Visite a nossa loja, veja as promoções, assine,contribua e concorra a uma viagem à Terra Santa,participe! Dispensar